Notícias

Exibição honrosa do Sindicato na partida com o Amora

Exibição honrosa do Sindicato na partida com o Amora

2019-07-31

Atitude máxima dos participantes do 17.º Estágio do Jogador em mais um jogo de exibição.

Os participantes do 17.º Estágio do Jogador, iniciativa do Sindicato para futebolistas sem clube, realizaram esta quarta-feira, frente ao Amora, o terceiro jogo de exibição – depois da participação no Torneio Internacional FIFPro.

A formação do Campeonato de Portugal venceu a equipa do Sindicato por 2-0, num jogo em que se destaca a grande atitude dos participantes do 17.º Estágio do Jogador, que se exibiram a um bom nível, apesar do resultado.

Nos minutos iniciais do encontro, os jogadores do Sindicato exerceram uma pressão alta sobre o adversário, jogando sobretudo no meio-campo da equipa do Amora, que teve de recorrer à falta para travar a posse de bola da equipa orientada por Neca.

Destaque para a segurança defensiva do guarda-redes Carlos e dos centrais Ivan Dias e Roberto Cunha, bem como para a profundidade dos laterais Marcus Barros e André Frias. Luís Gustavo, José Rainieri e André Galamba deram dinâmica ao meio-campo do Sindicato, os extremos Guti Almada e Fábio Horta revelaram bons pormenores técnicos e o ponta-de-lança Ítalo Barbosa destacou-se no jogo aéreo e na procura da bola para finalizar.

A primeira ocasião de perigo pertenceu ao Sindicato com Ítalo Barbosa a proporcionar uma defesa apertada ao guarda-redes do Amora e, na recarga, o central Roberto Cunha atirou ao lado.

Contra a corrente de jogo e numa transição ofensiva da equipa do Campeonato de Portugal, o Amora inaugurou o marcador por Bruno Saraiva, aos 25 minutos.

No arranque da segunda parte, Neca alterou dez unidades na equipa do Sindicato, mantendo-se apenas o guarda-redes Carlos, com o objetivo de dar o mesmo tempo de utilização a todos os participantes do Estágio.

A equipa do Sindicato que jogou na segunda parte bateu-se da mesma forma que a formação que atuou no primeiro tempo, procurando impressionar os observadores que assistiam ao jogo na bancada da Academia do Jogador, em Odivelas.

Joca Monteiro fez o 2-0 para o Amora a meio da segunda parte, à passagem do minuto 69, e o resultado não viria a sofrer mais alterações até ao apito final. Destaque, na equipa do Sindicato, para um remate acrobático de Ricardo Delgado aos 85’, que passou ao lado do poste da baliza do Amora, após cruzamento da direita de Dylan Vieira.

A equipa do Sindicato dos Jogadores alinhou da seguinte forma:

Carlos (Gustavo Moreira, 60’); Marcus Barros (Dylan Vieira, 45’), Ivan Dias (Ricardo Santos, 45’), Roberto Cunha (Marquinhos, 45’) e André Frias (Zaqueu Moisés, 45’); Luís Gustavo (Agostinho Cá, 45’), José Rainieri (Jimeu Monteiro, 45’) e André Galamba (Ricardo Delgado, 45’); Guti Almada (Ahmed Mansour, 45’), Fábio Horta (Martins Ogbodo, 45’) e Ítalo Barbosa (Eric Prazeres, 45’).